Pular para o conteúdo principal

Destaques

Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA?

Autor: Luca Alves Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA? Nota: 4/5


É de tamanha excelência a qualidade do Future Nostalgia que foi uma das missões mais difíceis da minha vida expressar em fiéis palavras a extremidade artística positiva que este álbum representa. Estive tenso por tentar não deixar passar nada porque é de uma complexidade e inteligência lírica-compositora tão grande que eu estaria faltando com a honestidade se eu não deixasse muito claro que este álbum é simplesmente O ÁLBUM. E é lindo ver o mínimo, porém impactante amadurecimento da Dua Lipa depois do álbum homônimo porque a ela foi entregue o difícil papel de salvadora da música pop, quando em meados de 2017 ela tomou total protagonismo do gênero com New Rules sendo creditada como um dos pilares que representaria a música pop pelos próximos anos, e facilmente assumiu esse posto, não aproveitando muita coisa do tropical house em dominância no seu primeiro álbum, mas mantendo as composições maduras por um vié…

GRAMMY: POR QUE A ARIANA GRANDE MERECE LEVAR O PRÊMIO DE ÁLBUM DO ANO?

ariana grande grammy

Autor: Luca Alves

GRAMMY: POR QUE A ARIANA GRANDE MERECE LEVAR O PRÊMIO DE ÁLBUM DO ANO?


Vivendo o auge comercial da sua carreira, Ariana Grande tem muitos motivos pelos quais ela deveria vencer o Grammy na categoria Álbum do Ano. Lançado em fevereiro do ano passado, o thank u, next, quinto álbum de estúdio da Ariana, teve o melhor desempenho comercial e crítico na carreira da cantora, somando 360 mil exemplares comercializados na primeira semana nos Estados Unidos, garantindo a ela o quarto topo na maior parada de álbuns da Billboard e marcando a maior nota (86) da cantora no Metacritic.

Apostando nas tendencias do trap, gênero que tem rendido bons frutos a uma parte da indústria fonográfica, Ariana Grande obteve o feito histórico de ser a única artista solo a ter três músicas charteando simultaneamente nas três primeiras posições da principal parada de single da Billboard. Feito antes alcançado apenas pelos Beatles, Ariana colocou 7 Rings em primeiro lugar na hot 100, break up with your girlfriend, i'm bored em segundo lugar e thank u, next em terceiro, tendo esta última alcançado o topo da mesma parada em novembro de 2018 e logo em seguida quebrado o recorde de vídeo clipe com maior número de visualizações (46 milhões) nas primeiras 24 horas.

Recordes também foram quebrados no Spotify. Na plataforma, 7 Rings e thank u, next somam mais de 1 bilhão de reproduções cada, fazendo da Ariana Grande a única cantora a ter mais de uma música com a marca de 1 bilhão de execuções em um único álbum. O thank u, next carrega o título de segundo álbum feminino com mais reproduções do ano de 2019 na plataforma somando pouco mais de 3.7 bilhões de reproduções, ficando atrás do When We All Fall Asleep, Where Do We Go? da Billie Eilish que soma 4.5 bilhões e que também concorre na mesma categoria de Álbum do Ano no Grammy.

LEIA TAMBÉM: GRAMMY: POR QUE A BILLIE EILISH MERECE LEVAR O PRÊMIO DE ÁLBUM DO ANO?

Para a edição de 2020 do Grammy, Ariana Grande quebra o recorde pessoal de maior indicação ao Grammy por uma única temporada. Foram quatro indicações com o thank u, next mais uma indicação pela parceria dela com o Social House, dando a ela maiores possibilidades de vitória dentro dessa edição. Além da categoria Álbum do Ano, acredito na possibilidade de vitória nas categorias Melhor Performance de Pop Solo com 7 Rings e Gravação do Ano com 7 Rings. Por mérito, ela deveria levar Melhor Álbum de Vocal Pop, mas como ela venceu nesta categoria na edição passada com o Sweetener, acredito que a Taylor Swift deva vencer, e não a Ariana Grande, como deveria ser feito.

Minhas Redes Sociais:

Comentários

Postagens mais visitadas