Pular para o conteúdo principal

Destaques

Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA?

Autor: Luca Alves Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA? Nota: 4/5


É de tamanha excelência a qualidade do Future Nostalgia que foi uma das missões mais difíceis da minha vida expressar em fiéis palavras a extremidade artística positiva que este álbum representa. Estive tenso por tentar não deixar passar nada porque é de uma complexidade e inteligência lírica-compositora tão grande que eu estaria faltando com a honestidade se eu não deixasse muito claro que este álbum é simplesmente O ÁLBUM. E é lindo ver o mínimo, porém impactante amadurecimento da Dua Lipa depois do álbum homônimo porque a ela foi entregue o difícil papel de salvadora da música pop, quando em meados de 2017 ela tomou total protagonismo do gênero com New Rules sendo creditada como um dos pilares que representaria a música pop pelos próximos anos, e facilmente assumiu esse posto, não aproveitando muita coisa do tropical house em dominância no seu primeiro álbum, mas mantendo as composições maduras por um vié…

OS TIPOS DE FOCALIZAÇÃO (Ou Foco Narrativo)

OS TIPOS DE FOCALIZAÇÃO (Ou Foco Narrativo)
Psicose, 1960, Alfred Hitchcock


Autor: Luca Alves

OS TIPOS DE FOCALIZAÇÃO (Ou Foco Narrativo)


Como mencionado na postagem sobre tipos de narrador (Gérard Genette), o narrador onisciente, aquele que sabe tudo sobre as personagens, na verdade, faz parte dos tipos de foco narrativo - tema desta postagem. Além do narrador onisciente, existem outros tipos de focalização, mas antes de conhecê-los, é importante entender o que é e como funciona todo esse esquema chamado focalização (ou foco narrativo). 

A partir da postagem sobre os tipos de narrador (Gerárd Genette), é possível entender que narrador, autor e personagem nem sempre são a mesma pessoa. O narrador, quem de fato nos interessa nessa postagem, é a pessoa que conta uma história; o foco narrativo é o modo como o narrador conta essa história.

Além do narrador onisciente, aquele que sabe tudo sobre as personagens, existem as focalizações chamadas ponto de vista e câmera, totalizando três tipos de foco narrativo no fim das contas. Enquanto que o narrador onisciente sabe tudo sobre as personagens, o narrador que opta pela narração pelo ponto de vista foca apenas em um personagem, seus sentimentos, seus pensamentos, suas conclusões; você vive a história por um único ponto de vista, diferente do narrado onisciente que de tudo e de todos sabe.

A câmera, como o próprio nome sugere, e o tipo de narrativa que simula a narração cinematográfica - sobre historia das personagens nada sabe e que sua participação na narrativa e completamente neutra. Acompanhamos os fatos na medida em que eles acontecem.

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas