Pular para o conteúdo principal

Destaques

A doce suspresa de Ameaça Profunda

Autor: Daniel Moreira
A doce surpresa de Ameaça Profunda
Geralmente é em janeiro que os estúdios lançam aqueles filmes que eles não sabem onde colocar. É uma época de férias, a vibe mais família do Natal e Ano Novo já passou  e o dia dos namorados só acontece em fevereiro (nos EUA), então são algumas semanas sem nada de muito acontecimento, apesar de que isso vem mudando aos poucos já que as janelas para grandes lançamentos estão ficando cada vez mais apertadas devido a enorme quantidade de blockbusters. 
Surge então uma doce surpresa: Ameaça Profunda é um filme dirigido por William Eubank e tem como protagonistas a Kristen Stewart, Jessica Henwick, T J Miller e Vincent Cassel. Conta a história de um grupo de pesquisadores que lutam para sobreviver depois que um terremoto causa destruição em um laboratório subaquático e eles precisam chegar na superfície, além disso, é preciso enfrentar estranhas criaturas das profundezas

O filme tem um orçamento considerável para um longa de ficção …

LITERATURA: DIGRESSÃO EM BEOWULF

digressão beowulf
Beowulf por Britt Martin

LITERATURA: Digressão em Beowulf

Autor: Luca Alves

O termo digressão vem do latim dis (fora, afastado) gradi (caminhar, dar um passo), e na literatura é um recurso utilizado para introduzir nas narrativas primárias as narrativas secundárias de forma que ambas se distanciem uma da outra, mas sem perder completamente a ligação entre si. É como romper a continuidade de um assunto para introduzir outro que a principio pode ou não ter muita ligação com o texto principal.

A digressão tem sido utilizada como recurso narrativo em inúmeras produções literárias ao longo dos séculos. Em Beowulf, poema épico escrito por volta do século sete e de autoria desconhecida, as digressões são apresentadas por meio de abordagens simultâneas à história principal: o jovem Beowulf ajuda o rei dinamarquês Heothgar a derrotar Grendel, criatura responsável pela morte dos súditos do rei, e após a morte de Grendel, Beowulf precisou matar também a mãe de Grandel, que veio em busca de vingança pela morte do filho. Não suficiente, Beowulf, que quando mais velho se tornou rei, precisou enfrentar mais uma criatura, no entanto, dessa vez com um final pouco desejado: Beowulf mata um dragão que ameaça seu reino, mas morre durante a luta com ele.

Na história de Beowulf, as digressões surgem em vertentes dentro da própria história principal. Geralmente são tópicos do cotidiano listados dentro da história do herói. Por ser a produção mais conhecida do inglês arcaico, Beowulf e suas digressões permitem compreender melhor a forma de produzir arte nos primeiros séculos do milênio passado.

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas