Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW THE MIDNIGHT GOSPEL - 1ª Temporada

Autor: Daniel Moreira
REVIEW THE MIDNIGHT GOSPEL - 1ª Temporada
Antes tarde do que nunca! Mais de 4 mês após o lançamento de The Midnight Gospel na Netflix eu finalmente fui assistir a essa viagem filosófica.  Talvez a minha nova smart TV gigantesta tenha contribuído para eu começar a apreciar os visuais psicodélicos e surreais do podcast, digo, do seriado.
Acompanhamos a história de Clancy, um podcaster que viaja através de um simulador de universos procurando boas histórias, cada episódio o nosso protagonista visita um mundo diferente e grava entrevistas para transmitir para quem quiser ouvir. Criada por Pendleton Ward de Hora de Aventura e Duncan Trussell, comediante e host do podcast  Duncan Trussell Family Hour, que serviu de inspiração e fonte direta para todos episódios.
O tema principal da série é a influência do apocalipse na vida das pessoas, quais são as reverberações que tal acontecimento gera, por isso, em cada episódio mostra o Clancy acompanhando o final de um mundo. Qu…

RESUMO: As Vanguardas Europeias

les demoiselles d'avignon pablo picasso
Les Demoiselles d'Avignon, 1907, Pablo Picasso

Autor: Luca Alves

RESUMO: As Vanguardas Europeias


Em pleno apogeu tecnocientífico da civilização europeia em decorrência da Revolução Industrial, o início do século XX foi marcado por tendências artísticas ao  redor do mundo que foram batizadas como vanguardas europeias. Essas tendências buscavam novas estruturas estéticas na arte e seus princípios estravam pautados em ir contra o academicismo que supervalorizava o classicismo e marginalizava outras maneiras de produzir arte. Cinco é o número das mais importantes vanguardas que foram desenvolvidas durante o período de 1907 a 1924 na Itália, Alemanha, França e Zurique

Futurismo
vanguardas europeias
Felippo Marinetti


O Futurismo nasce na Itália com o Manifesto Futurista publicado em 1909 pelo poeta italiano Filippo Marinetti no jornal francês Le Fígaro. Influenciado pelas novas tecnologias, o Futurismo acreditava que através da destruição das tradições e rejeição do passado e do academicismo era possível reconstruir uma nova estética artística pautada em elementos modernos e focados no futuro. Pelos elementos modernos, o Futurismo foi influenciador do movimento Modernista. Até 1919, ano que Marinetti aderiu aos ideias fascistas, foram publicados 30 manifestos por ele cujo conteúdo exaltava a guerra, a violência e militarização, características do Fascismo. O Futurismo perde força com a Primeira Guerra Mundial, mas deixa os seus ideias anti-academicista para o Dadaísmo.

Alguns Artistas Futuristas: 

Carlo Carrà;
Umberto Boccioni;
Gino Severini;
Giacomo Balla;
Almada Negreiros.


Expressionismo 
vanguardas europeias
Julien-Auguste Hervé

  
Oficializado em 1905 na Alemanha pelo grupo Die Bücke, ao surgimento do movimento expressionista é pouco possível de definir uma data e uma localização geográfica com precisão, pois no final do século XIX a estética expressionista já era bem difundida por nomes do pós-impressionismo como Vincent van Gogh, Paul Cézanne e Edvard Munch que também são creditados como precursores do movimento expressionista. A ideia principal é expressar o que de mais característico existe, com extrema subjetividade e sem medo de parecer caricatural. Para os expressionistas, características evidentes precisavam de total evidência nas suas produções, e a angustia da sociedade moderna e industrializada é tema recorrente nas obras expressionistas e a distorção exagerada é parte do processo de externação do subjetivo.  Ele surgiu como resposta ao movimento impressionista e durou as duas primeiras décadas do século XX. 


Alguns Artistas Expressionistas: 
Anita Malfatti;
Candido Portinari;
Paul Klee;
Edvard Munch;
Marc Chagall.

Cubismo
vanguardas europeias
Pablo Picasso

Les Demoiselles d'Avignon de Pablo Picasso é creditada como o marco inicial do Cubismo no ano de 1907, muito embora Paul Cézanne já tivesse introduzido em suas obras os formatos tridimensionais característicos do movimento cubista. O Cubismo, assim como as outras vanguardas supracitadas, renega a influência da tradição clássica e trabalha com as formas geométricas no processo de criação de multiplicidade de perspectivas. O Cubismo surge em Paris depois das fases Azul e Rosa de Pablo Picasso e vai até 1914, durante esse período, o Cubismo passa por três fases: 1) Fase Cezannista ou Cezaniana (1907 - 1909); 2) Fase Analítica ou Hermática (1909 - 1912); 3) Fase do Cubismo Sintético (1911). 

Alguns Artistas Cubistas: 
Pablo Picasso;
Georges Braque;
Juan Gris/ 
André de Lothe;
Léger. 

Dadaísmo
vanguardas europeias
Tristan Tzara


O Dadá surge no contexto da Primeira Guerra Mundial no ano de 1916 na Suíça por um grupo de artistas de diversas nacionalidades no Cabaret Voltaire. Inconformados com as atrocidades da Guerra e com a necessidade de chocar a burguesia, os Dadás usam do nonsense para produzir e dar continuidade ao anti-academicismo das outras vanguardas. O Dadaismo é a culminância dos três últimos movimentos: ele prega a descentralização da razão e nesse momento a arte chega ao ápice da falta de lógica, tornando objetos não artísticos em arte e tento um mictório como a obra mais emblemática do movimento (LEIA TAMBÉM: Análise de Fonte de Marcel Duchamp). Para os dadás, o mundo havia ficado de ponta-cabeça e a humanidade havia perdido total sentido. O Dadaísmo foi movimento precursor dos ideais surrealistas. 


Alguns Artistas Dadaístas: 
Hugo Ball;
Hans Arp;
Man Ray.
Surrealismo
vanguardas europeias
Salvador Dalí


De forte influência de Freud e Marx, o Surrealismo nasce na França em 1924 quando, dissidente do Dadaísmo, André Breton lançou o Manifesto do Surrealismo logo após deixar o movimento dadaísta. A quinta vanguarda surge no contexto entre as duas grandes guerra mundiais e o sentimento de incerteza de paz levou a humanidade a viver o presente de maneira fantasiosa e com elementos de ilogismo na arte. Na pintura, o Surrealismo tem duas vertentes, figurativa e abstrata, são vertentes que alcançam também a literatura no quesito produção livre a partir do inconsciente. 

Alguns Artistas do Surrealismo: 
Max Ernst;
Salvador Dalí;
Joan Miró;
René Magritte.

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas