Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW: MULHER MARAVILHA 1984

Pôster do Filme Autor: Daniel Moreira   REVIEW: MULHER MARAVILHA 1984  Estamos vivendo uma revolução na forma de ver filmes, os serviços de streaming estão cada vez mais conquistando o seu espaço no dia-a-dia dos espectadores e a grande aposta do HBOMAX foi justamente a estreia de um dos maiores filmes do ano no serviço de streaming e nos cinemas ao mesmo tempo. Se isso vai ser o novo normal ou se vai trazer lucros só o tempo dirá, o fato é que Mulher Maravilha 1984 está entre nós. Atenção, essa review pode conter leves spoilers. Um artefato muito antigo criado por um Deus concede aquele que o possui o seu maior desejo, infelizmente vai parar em mãos erradas e a Mulher Maravilha precisa enfrentar o vilão e impedir o fim do mundo. Patty Jankins retorna na direção da sequência, dessa vez muito mais a vontade. Devido ao grande sucesso do primeiro filme, o estúdio deu carta branca pra ela criar a sua versão e isso é refletido nas poucas cenas de ação, nos diálogos profundos e na mensa

REVIEW: com Speak Your Mind, Anne-Marie é a luz no fim do túnel para a música pop

speak your mind cover
Speak Your Mind, 27 de abril de 2018, Anne-Marie.

Autor: Luca Alves

REVIEW: Com Speak Your Mind, Anne-Marie é a luz no fim do túnel para a música pop

Depois de grandes sucessos como Alarm, Ciao Adíos, Rockabye e FRIENDS, Anne-Marie traz ao mundo o Speak Your Mind, seu primeiro álbum de estúdio, com todos os hits mencionados e mais um bocado de hits em potencial. Anne-Marie traz um vislumbre de música pop de qualidade que não víamos desde 2012. Nostálgico e acolhedor, assim eu definiria o Speak Your Mind, o tipo de álbum que dá vontade de ouvir do início ao fim sem sentir o peso do cansaço.

Para seu álbum de estréia, Anne tem trabalhado aspectos genuinamente pop, letras fáceis de serem digeridas e de caráter universal, sem um público específico. Uma boa maneira de se inserir no mercado fonográfico mundial. Para um álbum de estréia, ela já tem características próprias, estilo definido e identidade visual para uma era bem estabelecida - mesmo que seja o genérico da música pop. Ela soube tirar proveito do clichê para criar algo próprio e original na medida do possível.

Speak Your Mind é um dos poucos materiais lançados esse ano até o momento com qualidade acima da média em todas as faixas (ou quase todas, dependendo do humor). Tentei fazer um top três das minhas músicas favoritas do álbum, como de costume, mas não consegui. São tantas músicas favoritas que não fui capaz de listar apenas três. Além dos singles/singles avulsos/faixas bônus Alarm, Ciao Adíos, Rockabye, Heavy, Then, FRIENDS e 2002, eu vejo potencial  para o sucesso em Trigger, Perfect e Bad Girlfriend. São acolhedoras assim como todas as outras faixas de sucesso do álbum. Nelas contêm características bem comerciais sem serem agressivas ou apelativas, diferente do que tem aparecido em muitas faixas recentes na indústria - tentativas de "salvar" o pop a todo custo.

O Speak Your Mind recebe nota 62 pelo Metacritic. Duas notas a menos e ele cairia para uma classificação de álbum mediano para a crítica especializada. Eu discordo de muitas avaliações do Metacritic, mesmo que seja a fonte mais buscada e, para muitas pessoas, a mais confiável sobre análise de materiais. Eu daria uma nota maior. Talvez 75. Acredito que o Speak Your Mind não seja o ápice artístico da Anne-Marie, no entanto não é para tão pouco. Speak Your Mind tem sido a luz no fim do túnel para a música pop no ano de 2018, tem sido os refrescos para quem curte apenas relaxar, viver o momento, tem sido a pausa para respirar que muitos têm buscado no meio da bagunça que a música pop tem passado nos últimos anos. Recomendo o Speak Your Mind. Have a break!

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas