Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW: LOVE, VICTOR - 1ª Temporada

Autor: Daniel Moreira
REVIEW LOVE, VICTOR - 1ª Temporada
Love, Victor é uma série original da Hulu (antigamente feita para o Disney+) que conta a história de Victor, um garoto que se mudou para Atlanta e é o mais novo aluno da Creekwood High School, onde vive uma jornada de adaptação e autodescoberta. A série que é uma sequência direta do filme de 2018 Com Amor, Simon, conta com participações especiais dos atores do filme além de ser referenciada em vários momentos, você não precisa assistir ao filme para entender a série, mas com toda certeza faz você ter uma experiência mais intimista.
LEIA TAMBÉM: REVIEW COM AMOR, SIMON
Todo o elenco da série foi muito bem escolhido e são peças chaves para contar uma história importante. Michael Cimino é um protagonista muito carismático que interpreta a jornada de autodescoberta com muita sensibilidade. Só quem é gay e tem uma família difícil de lidar, geralmente religiosa, sabe o quão longo e complexo é o processo de não querer gostar de homens a…

Com referências a Bauman, Newton Brito lança Modernidade Líquida

newton brito modernidade liquida
Modernidade Líquida, 2018, Newton Brito

Com Referências a Bauman, Newton Brito lança Modernidade Líquida 

Autor: Luca Alves

Newton Brito é minha mais recente recomendação no cenário independente com raízes MPB e com aquela pegada must-listen que eu não tenho trazido ao An Diorior há um bom tempo - desde o Atlas do Yan Paiva em 2016, na verdade. Encontrei o Newton em uma daquelas esporádicas buscas no Youtube sobre música popular brasileira. A busca em questão me levou a um cover que ele fez de Onde Anda Você do Vinicius de Moraes - e, depois de Modernidade Líquida, seu mais recente single, Onde Anda Você, cover do Newton Brito, é por onde devem-se guiar para melhor conhecer o trabalho dele. 

Newton é de Riachão do Dantas, SE, é cantor e compositor independente, e com seu mais recente trabalho, Modernidade Líquida, ele traz referências de Zygmunt Bauman para falar da superficialidade nos relacionamentos na era contemporânea.  Na música ele trabalha elementos atuais sem deixar de lado os elementos que acompanham a MPB há um tempo, criando uma atmosfera acolhedora, atemporal e nostálgica para quem nela é suavemente inserido.



Modernidade Líquida é além de um trabalho sonoro e comercial; Modernidade Líquida é um projeto visual e tanto. Na última quinta-feira, 19 de abril, foi lançado o videoclipe para promover a música no canal do Newton Brito no Youtube. É uma produção - novamente - independente com direção e roteiro de Andrey Costa e Luiz Michael que conta por metáforas como se aplica o conceito de amor líquido discutido por Bauman. Em conversa, Luiz Michael descreve o clipe como uma produção desafiadora, pois trabalhar o gênero ficção ao mostrar um relacionamento entre uma pessoa de carne e osso e um robô dentro da MPB, com baixo custo e de forma independente o fez pensar várias vezes em mudar o roteiro: "Desde o início, Andrey e eu sempre sabíamos que iríamos enfrentar muitas dificuldades com a realização desse projeto, pois trabalhar com o gênero de ficção cientifica numa produção independente, sem orçamento, seria nosso maior desafio".

A música está disponível em todas as plataformas digitais. Aproveite e siga também a playlist do blog no Spotify: An Diorior.

Minhas Redes Sociais

Instagram - Facebook - Twitter

Comentários

Postagens mais visitadas