Pular para o conteúdo principal

Destaques

GRAMMY: POR QUE A LADY GAGA MERECE LEVAR O PRÊMIO DE ÁLBUM DO ANO?

Autor: Luca Alves GRAMMY: POR QUE A LADY GAGA MERECE LEVAR O PRÊMIO DE ÁLBUM DO ANO?
Há um ano debutava no topo da parada de discos da Billboard o A Star is Born com 231 mil cópias comercializadas no território americano. Pouco mais de um ano desde o seu lançamento, a trilha sonora do Nasce Uma Estrela soma mais de 6 milhões de cópias comercializadas ao redor do mundo e mantém uma estabilidade que talvez supere fácil a marca de 8 milhões de cópias vendidas até o dia da cerimônia do Grammy, que geralmente acontece entre o fim de janeiro e o início de fevereiro. 
Essa não é a primeira vez que a Lady Gaga recebe grande atenção para a principal categoria do Grammy. Quase todos os álbuns da Gaga foram indicados à categoria Álbum do Ano, e todos até o momento não foram bem-sucedidos para os votos da Academia. Em 2008, a Lady Gaga fez uma estréia estrondosa causando impactos notórios à cultura pop com o The Fame, mas só isso não foi o suficiente para a bancada honrar o álbum com o título de …

Referências Artísticas na Capa do Álbum ARTPOP da Lady Gaga

artpop cover
ARTPOP, 2013, Jeff Koons & Lady Gaga


Autor: Luca Alves

Referências Artísticas na Capa do Álbum ARTPOP da Lady Gaga

Há controvérsias sobre a numeração ordinária do ARTPOP em relação a lançamento de álbum da Lady Gaga porque para muitas pessoas, inclusive para a Billboard, o The Fame Monster é um álbum e não um EP. Desde que surgiu com o nome Lady Gaga, Stefani Joanne Angelina Germanotta tem vivido 6 eras durante 10 anos de carreira como cantora com os respectivos trabalhos: The Fame (2008), The Fame Monster (2009), Born This Way (2011), ARTPOP (2013), Cheek to Cheek (2014) e Joanne (2016). Eu não vejo o The Fame Monster como um álbum, mas como um EP, e é essa a lógica que vamos seguir nessa postagem.

ARTPOP é o terceiro álbum de estúdio da Lady Gaga no qual ela mescla muito da cultura pop, tanto na arte quanto no entretenimento. Boa parte da capa do álbum foi produzida pelo artista plástico Jeff Koons que se insere no contexto artístico da pop arte. De autoria de Koons, na capa do álbum, tem a Gazing Ball e a estátua feita da mother monster. 

Além da Gazing Ball de Jeff Koons, a capa do terceiro álbum (ou quarto, se você considerar The Fame Monster um álbum) da Lady Gaga contém outras referencias à arte, como The Birth of Venus (O Nascimento de Vênus) de Sandro Botticelli, I’ve Got it All de Tracey Emin, Apollo and Daphne (Apolo e Dafne) de Gian Lorenzo Bernini e o conteúdo estético (colorido/preto e branco) e poético (imagem desgastada de um produto da mídia) das Marilyn (Marilyn Monroe) de Andy Warhol.


Minhas Redes Sociais:

Comentários

Postagens mais visitadas