Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW: LOVE, VICTOR - 1ª Temporada

Autor: Daniel Moreira
REVIEW LOVE, VICTOR - 1ª Temporada
Love, Victor é uma série original da Hulu (antigamente feita para o Disney+) que conta a história de Victor, um garoto que se mudou para Atlanta e é o mais novo aluno da Creekwood High School, onde vive uma jornada de adaptação e autodescoberta. A série que é uma sequência direta do filme de 2018 Com Amor, Simon, conta com participações especiais dos atores do filme além de ser referenciada em vários momentos, você não precisa assistir ao filme para entender a série, mas com toda certeza faz você ter uma experiência mais intimista.
LEIA TAMBÉM: REVIEW COM AMOR, SIMON
Todo o elenco da série foi muito bem escolhido e são peças chaves para contar uma história importante. Michael Cimino é um protagonista muito carismático que interpreta a jornada de autodescoberta com muita sensibilidade. Só quem é gay e tem uma família difícil de lidar, geralmente religiosa, sabe o quão longo e complexo é o processo de não querer gostar de homens a…

Pronomes: Inimigos de Luís Fernando Veríssimo

Luís Fernando Verissimo tumblr
Imagem:@tatooer_dogy

Outro dia, postei Luís Fernando Verissímo e, para quem me segue nas redes sociais, falei de como eu estava apaixonado por Inimigos. Conheci esse texto na faculdade, e não poderia ter feito uma escolha melhor para trabalhar os pronomes demonstrativos, porque, além de toda essa beleza subjetiva, e até corriqueira, que ele carrega, os pronomes são trabalhados de maneira dinâmica. Então, se você não leu ainda, aproveite e leia Inimigos por Luis Fernando Verissímo

O título do texto de Luís Fernando Veríssimo, Inimigos, tem muito que ver com a história de Maria Tereza e Norberto e também com os pronomes em questão, visto que o significado destes no contexto que estão inseridos simbolizam um gradativo distanciamento do casal até chegar no que o título chama de inimigos.

Este, esse e aquele são pronomes demonstrativos referentes à primeira, segunda e terceira pessoa, respectivamente. Os pronomes demonstrativos servem para situar algo no tempo, espaço ou no discurso, e no texto de Veríssimo, eles podem carregar um sentido não tão literal, mas figurado.

De Quequinha, Maria Tereza passa a ser chamada por Norberto de esta mulherzinha (alguém que ainda está próximo dele), depois de essa aí (alguém não tão próximo dele) e, por fim, de aquilo, que, além de ser simbolizar um distanciamento por completo, ainda se trata de um pronome demonstrativo neutro, o que pode soar bem pior do que já está, pois, para ele, ela é nada além de uma coisa qualquer.      

Minhas Redes Sociais:

Comentários

Postagens mais visitadas