Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW THE MIDNIGHT GOSPEL - 1ª Temporada

Autor: Daniel Moreira
REVIEW THE MIDNIGHT GOSPEL - 1ª Temporada
Antes tarde do que nunca! Mais de 4 mês após o lançamento de The Midnight Gospel na Netflix eu finalmente fui assistir a essa viagem filosófica.  Talvez a minha nova smart TV gigantesta tenha contribuído para eu começar a apreciar os visuais psicodélicos e surreais do podcast, digo, do seriado.
Acompanhamos a história de Clancy, um podcaster que viaja através de um simulador de universos procurando boas histórias, cada episódio o nosso protagonista visita um mundo diferente e grava entrevistas para transmitir para quem quiser ouvir. Criada por Pendleton Ward de Hora de Aventura e Duncan Trussell, comediante e host do podcast  Duncan Trussell Family Hour, que serviu de inspiração e fonte direta para todos episódios.
O tema principal da série é a influência do apocalipse na vida das pessoas, quais são as reverberações que tal acontecimento gera, por isso, em cada episódio mostra o Clancy acompanhando o final de um mundo. Qu…

PERSONAGENS ALEGÓRICOS: o que são?

personagens alegóricos

A Liberdade Guiando o Povo por Eugène Delacroix


O Que São Personagens Alegóricos?

Autor: Luca Alves

A Liberdade Guiando o Povo, talvez a pintura mais famosa de Eugène Delacroix, apresenta um vasto valor cultural, além de toda sua riqueza estética. Existem muitas coisas a serem discutidas, abordando as influências obtidas de significativas revoluções, como a Francesa e a de Julho de 1830, mas infelizmente não será nessa postagem que aprofundarei nelas, afinal, o foco aqui é na literatura.

Para entender o que são personagens alegóricos, primeiro você precisa entender o que é uma alegoria e como ela está ligada à pintura de Delacroix e aos exemplos que logo darei. Então, saca só: alegoria é uma figura de linguagem responsável pela representação concreta de uma ideia abstrata. A personagem alegórica é a representação concreta de uma ideia abstrata e sem a intenção de atingir uma pessoa em específico. 

Na pintura, a liberdade, como uma ideia abstrata, é representada por uma mulher, logo a mulher, nomeada como Liberdade, é uma personagem alegórica. Outro exemplo é o Anjo e o Diabo, alegorias do Bem e do Mal, na peça Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente. São personagens alegóricas, sem nenhuma característica psicológica própria e sem intenção de atingir uma pessoa em particular.


Ainda não entendeu? Vou simplificar ainda mais: você cria uma personagem para criticar corrupção na política brasileira, mas sua intenção não é criticar um determinado político, mas toooda a corrupção do país. Essa personagem é uma personagem alegórica, logo ele faz uma alegoria da corrupção do Brasil.


Minhas Redes Sociais:

Instagram  - Twitter - Pinterest - Facebook

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas