Pular para o conteúdo principal

Destaques

Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA?

Autor: Luca Alves Future Nostalgia: O TOPO DA ASCENSÃO DA DUA LIPA? Nota: 4/5


É de tamanha excelência a qualidade do Future Nostalgia que foi uma das missões mais difíceis da minha vida expressar em fiéis palavras a extremidade artística positiva que este álbum representa. Estive tenso por tentar não deixar passar nada porque é de uma complexidade e inteligência lírica-compositora tão grande que eu estaria faltando com a honestidade se eu não deixasse muito claro que este álbum é simplesmente O ÁLBUM. E é lindo ver o mínimo, porém impactante amadurecimento da Dua Lipa depois do álbum homônimo porque a ela foi entregue o difícil papel de salvadora da música pop, quando em meados de 2017 ela tomou total protagonismo do gênero com New Rules sendo creditada como um dos pilares que representaria a música pop pelos próximos anos, e facilmente assumiu esse posto, não aproveitando muita coisa do tropical house em dominância no seu primeiro álbum, mas mantendo as composições maduras por um vié…

Insossidade de Malu Reining

Imagem:Vincent Van Gogh exhibition

Além da Moletom, existe outra página, entre as mil e oitocentas que eu curto no Facebook, que, em um jogo de perguntas para respostas rápidas (também conhecido como pingue-pongue), eu daria como resposta para pergunta "uma página?".

Insossidade, com quase um ano desde que foi criada, é administrada por Malu Reining, paulista de 17 anos de idade, com a qual eu bati um papo sobre o sucesso que hoje soma pouco mais de 160 mil likes na virtual terra natal de Mark Zuckerberg. Pude entender um pouco sobre sua história que inclui a criação da página da moça que tem como planos se formar em jornalismo ou história para focar na sua maior paixão: a arte.


Foi durante o ensino médio que surgiu a ideia de criar a Insossidade. Já com algumas fotos no computador, Malu decidiu ocupar-se postando imagens, cujo conteúdo abrange diversas áreas: artes (plásticas), cinema, filosofia, poesia e muita melancolia. Tal ocupação tem ajudado-a desde então a combater alguns problemas com colégio e depressão. Te entendo, moça.

Quando a perguntei sobre de onde vinham suas inspirações, sua resposta foi extremamente poética (e isso sem perceber). Ela disse: "é algo mais voltado para o âmago mesmo, da alma da alma (âmago; palavra favorita. vou tatuar)". Mas suas inspirações são variadas, desde a bad nossa de cada dia até grandes nomes da arte, como, por exemplo, Clarice Lispector, Vicent van Gogh, Frida Kahlo, Gustav Klimt etc.

Atualização 04/12/16:

Além da Malu, Natan Marques, 15, é um dos resposáveis pelo sucesso que hoje se aproxima do seu primeiro milhão de likes. Senti uma peninha de desmontar o texto que fiz sobre a Malu para acrescentar também que o Natan é um máximo, mas acho que vocês entenderam isso já. Sério, acreditem em mim, melhor pessoa esse Natan.

Além disso, como disse na entrevista com o Gavin Worth, no fim de outubro desse ano, entrei para equipe de criadores de conteúdo da página, o que foi maravilhoso. Como disse para Malu ainda outro dia, fui meio que adotado pela Insossidade.

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas