Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW: THE OLD GUARD | NETFLIX

Autor: Daniel Moreira
REVIEW: THE OLD GUARD | NETFLIX
Não canso de ficar impressionado com a quantidade de conteúdo original que a Netflix é capaz de produzir. Graças a essa demanda, vários tipos de séries e filmes tem a chance de serem feitos, e The Old Guard vem para preencher a lacuna de adaptação de quadrinhos nesse mês de julho. O filme conta a história de seres humanos que por algum motivo misterioso são imortais, e acompanhamos a história de Andy, a primeira deles, vivida por Charlize Theron, enquanto uma nova imortal surge e eles são obrigados a lutar para sobreviver a um empresário que coloca a vida de todos em perigo. A direção é por conta da novata Gina Prince.
O longa no geral tem cara de filme para serviço de stream, talvez seja o orçamento reduzido que a gente nota nos cenários pobres ou nas poucas cenas de flashbacks, pois já que eles viveram através das eras, ficamos querendo saber mais como eram a vida deles. A história é bem instigante, o tema benção ou maldição sobr…

Poesias de Bruno Inácio

Bruno Inácio
Imagem: Bruno Inácio
Semana passada fui pego, totalmente desprevenido, pelas poesias do Bruno Inácio, a pessoa por trás da página O Mundo na Minha Xícara de Café. Minha primeira impressão ao ver seu trabalho foi de estar prestes a lidar com alguém que entende do que faz, e conversando com ele para essa postagem, me certifiquei que o rapaz é realmente muito, muito bom.

Aos 24 anos de idade, Bruno, que nasceu e cresceu em Ituverava, cidade no interior de São Paulo, além de trabalhar como jornalista, também divide seu tempo escrevendo: escrevendo para sua página; escrevendo para o site Obvious e escrevendo alguns livros, dos quais pretendo fazer resenha em breve.

Bruno Inácio
Imagem: Bruno Inácio
Bruno Inácio
Imagem: Bruno Inácio
Bruno escreve poesias há sete anos, mais ou menos, mas só agora teve coragem de mostrá-las para o mundo. Sua página existe desde fevereiro deste ano e já soma mais de 15 mil curtidas. Quando eu o perguntei sobre suas inspirações, a sua resposta foi tão encantadora que, sério, eu precisava postá-la aqui: "Eu gosto muito do cotidiano. Acho que minha inspiração vem justamente disso: de coisas que estão bem na nossa frente e muita gente não vê. Eu gosto de sorrisos, do formato das nuvens, das estrelas, do sol se pondo."


Além do cotidiano, algumas artes, em especial a música, também fazem parte do seu processo criativo. Alguns dos seus favoritos são The Beatles, Pink Floyd, Queen, Bob Dylan e alguns cantores nacionais como Caetano e Cazuza. Então, que nunca falte música no seu dia a dia, Bruno. Nossas almas agradecem.

Minhas Redes Sociais:


Comentários

Postagens mais visitadas