Pular para o conteúdo principal

Destaques

Review Aves de Rapina - O Filme da Arlequina

Autor: Daniel Moreira
Review Aves de Rapina - O Filme da Arlequina

Quando se trata dos filmes da DC sempre ficamos com um pé atrás. Às vezes a gente tem boas surpresas, mas quando olhamos o histórico de lançamentos, a empresa sempre deixa a desejar. No entanto, é a DC que sempre ganha prêmios importantes e levanta discussões calorosas sobre assuntos relevantes, tudo isso devido a experimentação. 
Aves de Rapina e a Emancipação Fantabulosa de uma Arlequina conta a história de como a doutora Quinzel se tornou a protagonista de sua história. Depois de terminar um relacionamento extremamente abusivo com o Coringa, ela se vê desamparada e sem ter um propósito. Agora sem a proteção de ser a companheira do palhaço mais famoso de Gotham, vários vilões querem acertar as contas com ela.  A Margot Robbie que também é produtora do filme nasceu para esse papel, ela traz uma leveza, uma inocência e uma maldade pra personagem única. Nessa história a gente pode acompanhar melhor como é um dia na vid…

Surrealismo de Christopher McKenney

Christopher McKenney
Fotografia: Christopher McKenney
Nunca fui fã do surrealismo, sempre preferi deixar os dois pezinhos firmes na realidade e fazer bom uso da razão, mas Christopher McKenney me pretendeu à suas fotografias desde que as vi circulando por toda a web e isso pode ter sido por consequência das cores frias e do aspecto vintage que as imagens carregam.

Christopher é um fotógrafo conceitual da Pensilvânia, especialista em fotografias surreais voltadas ao horror e ao trash. Em uma entrevista para o site IGNANT, ele fala sobre de onde vem suas inspirações e o que significa sua arte tanto para ele, quanto para o seu público:

"Depois de se ver, em um dia qualquer de 2012, com nada além de um lençol, uma cadeira e um quadro, ele começou a tirar fotos de si mesmo. Christopher colocou o lençol sobre a sua cabeça, e fotografou seu corpo. 'Eu gosto de tirar toda a identidade quando estou fotografando e também gosto de provocar a imaginação das pessoas. Eu só tiro fotos. Eu só me expresso e cabe as pessoas ver ou imaginar aquilo que elas quiserem. Contanto que eu consiga fazê-as sentir alguma coisa, para mim está tudo bem', diz ele para o site IGNANT.

Christopher McKenney
Fotografia: Christopher McKenney
Christopher McKenney
Fotografia: Christopher McKenney
Christopher McKenney
Fotografia: Christopher McKenney
Você pode conferir mais fotografias no site do rapaz e aproveitar para deixar um oi através da caixa de contato. Não deixe de conferir também as imagens que não estão mais à venda no seu Flickr e Instagram.

Minhas Redes Sociais: 

Comentários

Postagens mais visitadas