Pular para o conteúdo principal

Destaques

REVIEW: MULHER MARAVILHA 1984

Pôster do Filme Autor: Daniel Moreira   REVIEW: MULHER MARAVILHA 1984  Estamos vivendo uma revolução na forma de ver filmes, os serviços de streaming estão cada vez mais conquistando o seu espaço no dia-a-dia dos espectadores e a grande aposta do HBOMAX foi justamente a estreia de um dos maiores filmes do ano no serviço de streaming e nos cinemas ao mesmo tempo. Se isso vai ser o novo normal ou se vai trazer lucros só o tempo dirá, o fato é que Mulher Maravilha 1984 está entre nós. Atenção, essa review pode conter leves spoilers. Um artefato muito antigo criado por um Deus concede aquele que o possui o seu maior desejo, infelizmente vai parar em mãos erradas e a Mulher Maravilha precisa enfrentar o vilão e impedir o fim do mundo. Patty Jankins retorna na direção da sequência, dessa vez muito mais a vontade. Devido ao grande sucesso do primeiro filme, o estúdio deu carta branca pra ela criar a sua versão e isso é refletido nas poucas cenas de ação, nos diálogos profundos e na mensa

Poesias de Julio Azevêdo

Julio Azevêdo Moletomm
Imagem: Julio Azevêdo. Poema: Tami Cacossi. 

Se  você não conhece a Moletom, já deixa o seu like porque, com aproximadamente 20 mil curtidas, além de um sucesso no Facebook, a página do Julio Azevêdo é um amorzinho em forma de quadrinhos e poesias. 

Pernambucano, aos 17 anos de idade, Julio vem de uma família de artistas e é influenciado por ela desde a infância - aos 6, dizia que queria ser artista plástico e escritor. Atualmente, suas inspirações vêm de artistas como Éff, Leminski e Pedro Gabriel, e só para te adiantar, também são maravilhosos.
Julio Azevêdo Moletomm
Imagem: Julio Azevêdo.
Embora a página seja repleta de amor, corações amargurados existem por todo canto, não é mesmo? Com uma maturidade incrível para lidar com haters, o moço, que constantemente tem recebido respostas homofóbicas (ou ignorantes) em relação as suas postagens de cunho homoafetivo, diz que elas não o afetam e ainda o motivam. 

"Não vou abaixar a cabeça nem parar de falar sobre esses temas por causa de intolerância dos outros. Essas coisas só me fazem ter mais vontade de escrever", disse Julio em conversa via Facebook.

Julio Azevêdo Moletomm
Imagem: Julio Azevêdo.
Mesmo com tanto sucesso em tão pouco tempo, afinal, sua página foi criada há pouco mais de um mês, Julio Azevêdo não pretende ingressar-se no mercado de trabalho como artista - por motivos um pouco óbvios: desvalorização da arte e medo de que sua paixão caia na rotina, vire obrigação.

Leia também: O Mundo na Minha Xícara de Café: Poesias de Bruno Inácio

Sua maior aspiração no momento é cursar Psicologia e futuramente Artes Visuais. Até lá, morreremos de amor por cada um dos seus quadrinhos, cada passo no seu trabalho que está só começando, mas que já conta com um futuro extremamente promissor.

Minhas Redes Sociais:

Comentários

Postagens mais visitadas